Como ter uma barba longa: Genética, Dicas e Cuidados

Quem nunca desejou ter uma barba comprida mas simplesmente não consegue que ela cresça a partir de um certo ponto? Todos os homens são diferentes e cada barba cresce ao seu próprio ritmo. O papel da genética, da alimentação e boas rotinas e de um tratamento diário apropriado para a tua barba também vai influenciar o crescimento da mesma.


A idade conta

Os padrões de crescimento da barba começam a estabelecer-se a partir dos vinte ou até trinta anos de idade para alguns homens. Isto significa que a tua barba não vai ter o mesmo aspeto que tinha na juventude comparada à idade adulta. Adicionalmente, os ritmos de crescimento da barba também mudam com a idade. Não sabes quanto tempo demora o pelo facial a crescer? Lê a nossa publicação As várias fases do crescimento da barba: quanto tempo demora a barba a crescer?”.


As hormonas que controlam a tua barba

Tudo depende da testosterona e da di-hidrotestosterona (DHT) que é um subproduto da testosterona. A testosterona é convertida para DHT que em si se vai focar especificamente nos padrões de crescimento do pelo e do cabelo. Os homens com mais testosterona e di-hidrotestosterona conseguem atingir geralmente uma barba mais comprida. Mas tudo depende da sensibilidade do teu corpo a esta hormona e não da quantidade da mesma. Por exemplo: enquanto que os homens com maiores níveis de DHT costumam ter uma barba maior, aqueles que têm menores níveis têm menos probabilidade de sofrerem perdas de cabelo.


Boa alimentação e hábitos saudáveis

Manter uma boa alimentação e fazer exercício regularmente aumenta os níveis de testosterona que em si te podem ajudar no crescimento da barba. É essencial dormir entre 7-10 horas diárias pois é durante o sono REM, a fase do sono onde temos sonhos mais intensos, que a produção de testosterona é mais alta. Adicionalmente, é também importante manter os níveis de stress baixos de modo a não provocar distúrbios no equilíbrio do corpo e do crescimento da barba.


A Magia da Genética

É possível observarmos um padrão em algumas famílias de Barbudos que mantêm o mesmo aspeto e capacidade de crescimento da barba durante várias gerações. Ao teres algum familiar com uma barba volumosa e cheia também pode significar que tenhas genes que irão provocar o mesmo em ti. Porém, esta não é propriamente uma regra a seguir visto que existem várias exceções e nem sempre os filhos conseguem herdar as características de crescimento do pelo facial iguais às dos pais. . 


A paciência é a maior virtude

Independentemente de teres ou não uma boa genética e maior ou menor facilidade em deixar crescer a barba, se não tiveres paciência e não aguentares passar pelas fases mais desconfortáveis durante o crescimento da mesma, ela não vai crescer. É importante aguentar as primeiras semanas em que os pelos vão causar mais comichão e o aspecto provavelmente não vai ser o que imaginavas. Lembra-te que a tua barba vai estar diferente a cada dia que passa e quando menos esperares já passaram as primeiras semanas e a tua barba já vai começar a ganhar uma forma mais consistente.


Cuidados da barba

Mesmo com uma boa genética e bastante paciência é também importante cuidar da barba através dos produtos corretos para a lavar, hidratar e moldar, logo, os champôs, óleos e ceras para a barba têm um papel muito importante na tua rotina. É através deles que podes evitar a comichão e a caspa na barba e dar-lhe um aspecto mais atraente e saudável. Não nos esquecemos dos pentes que ajudam a libertar o teu pelo facial de nós e pelos soltos e da escova para a lavagem da barba que massageia e esfolia a mesma durante as lavagens.


Como podes ver, existem vários truques e dicas para te ajudar a atingir o comprimento da barba que mais desejas. Não desesperes se não estiveres a conseguir fazê-lo, pode não ser o momento ideal mas não significa que não seja possível atingir o mesmo efeito futuramente.