Como resolver problemas com borbulhas, falhas e pontas espigadas na barba

Ter uma barba não é sempre um mar de rosas e alguns problemas podem surgir nos piores momentos dependendo do tipo de cuidados que dás ao teu pelo facial. Na publicação de hoje vamos referir alguns exemplos de problemas desconfortáveis de um barbudo e falar de possíveis soluções para os mesmos. 


Borbulhas na barba:


Um problema bastante comum são as borbulhas. Como se não chegasse uma adolescência inteira a lidar com elas por todo o corpo (no caso de grande parte dos jovens) elas acabam também por surgir durante a idade adulta e são provocadas por poros bloqueados por qualquer tipo de coisas desde sujidade, suor ou até óleo ou cera da barba utilizado de forma incorreta e em excesso. Adicionalmente, as borbulhas acabam por aumentar a quantidade de gordura na pele e de cada vez que as coçamos estamos apenas a espalhar essa oleosidade pelo resto da barba. 

Então qual é a solução? É essencial mantermos a pele e a barba limpa para retirar o excesso de gordura e sujidade. Como já referimos em outras publicações do Growth Journal, a barba deve ser lavada cuidadosamente e com um champô específico para o pelo facial. Recomendamos também esfoliar a barba suavemente. Este passo pode ser mais uma vez feito durante a lavagem, com uma escova própria para o champô da barba ou caso não tenhas uma podes também utilizar os dedos e massagear cuidadosamente. 

Caso o teu problema de acne não esteja a abrandar com estas dicas recomendamos que visites um dermatologista que te poderá avaliar como um indivíduo e tendo em conta as características específicas de cada um. 


Arrancar os pelos da barba:


Este é um dos problemas de um barbudo que é uma consequência direta do stress e ansiedade. Se tens um emprego que (literalmente) te deixa pelos cabelos és bem capaz de estares a destruir a tua própria barba lentamente. Este hábito nervoso pode criar falhas visíveis no pelo facial se tiver uma duração prolongada e pode mudar completamente a estética da barba. Se te encontras numa situação similar a esta recomendamos que contactes um profissional na área, tal como um barbeiro, que te poderá aconselhar e recomendar um tipo de estilo específico que funcione com a barba que ainda te resta. Porém, o ideal será lutares contra este mau hábito e arranjares formas de relaxar para reduzir os momentos mais nervosos e stressantes do teu dia a dia. 


Pontas espigadas:


As pontas espigadas são normalmente associadas ao cabelo estragado mas também podem surgir no pelo facial onde cada pelo acaba por se abrir nas pontas e perder a sua força e aspecto saudável original. As causas podem ser conectadas à utilização de secadores, alisadores, uma rotina da barba pouco saudável e outras fontes destrutivas para o teu pelo facial. Uma solução inevitável quando este problema se agrava demasiado é aparar as pontas estragadas da barba. Caso não o faças os pelos podem continuar a separar-se até que grande parte da barba vai assumir um aspecto estragado e seco. Porém, caso o teu problema com as pontas espigadas ainda seja pequeno e esteja no início, podes focar-te em hidratar o pelo facial regularmente através de óleos próprios para a barba e ao ingerir uma quantidade generosa de água.