Como aplicar o óleo para a barba + erros mais comuns

Muitos barbudos são novos no universo dos produtos para a barba e às vezes isto significa que podem cometer os erros mais comuns na utilização e aplicação de certos produtos. Hoje vamos explicar em detalhe como se aplica o óleo para a barba, quais os erros mais comuns e algumas dicas especiais nossas.


Primeiro de tudo: para que serve o óleo para a barba? Ao lavarmos a barba não estamos só a limpar o nosso pelo facial mas também a retirar óleos essenciais. O objetivo do óleo é de substituir estes óleos e hidratar a pele debaixo da barba. 


Aplica o óleo com a barba húmida

Diariamente e logo após  o banho matinal/noturno é a melhor altura para aplicar o óleo para a barba. Além de ser mais fácil desta forma, a barba molhada facilita o processo e faz com que consigas chegar a todos os cantos mais facilmente. 


Não cedas à preguiça! 

Um dos erros mais comuns e um desperdício de óleo é colocares o produto numa barba suja. Durante a lavagem da barba também podes utilizar champôs barbeais que além de deixarem um aroma agradável também limpam a barba de forma cuidada e não agressiva para o pelo facial. 


Qual a quantidade?

Para uma barba de tamanho pequeno o ideal de utilização é 3-5 gotas e para as barbas maiores podes utilizar 7-10 gotas. Se a tua barba tiver apenas alguns dias de vida então aplica apenas 1-2 gotas para evitar engordurar a pele em demasia. A extração das gotas é feita com o frasco virado para baixo e ao esperares que as mesmas caiam. De seguida deixa as gotas escorrerem para a ponta dos dedos e com movimentos de baixo para cima (contra a barba) passa o óleo por toda a área da pele por baixo da tua barba. Dica: Aproveita para massagear a pele e relaxar os músculos. Lembra-te que com uma pele bem tratada a barba também irá crescer mais saudável. 


Cada barba é diferente

Uma certa quantidade de óleo para a barba pode ser o ideal para o teu amigo barbudo mas não para ti. Apesar de haverem medidas calculadas para a barba em geral como falamos acima isto não quer dizer que as mesmas se apliquem a ti. Uma dica nossa: experimenta! Cada barba é diferente. Assim que o teu pelo facial adquirir a quantidade de brilho certa sem parecer gorduroso e a tua pele estiver bem hidratada é porque acertaste em cheio na quantidade! 


E o bigode?

O bigode, apesar de crescer mais lentamente do que o resto do pelo facial e o pelo ser ligeiramente mais fino, também precisa de óleo. Outra dica: como está perto do nariz e se utilizares um óleo para a barba com um aroma agradável vais poder andar todo o dia a inalar uma fragrância à tua escolha. Na Barba Brada temos aromas para todos os momentos e inspirados em estações do ano, na bebida, na floresta, em frutos exóticos, entre outros.

Não te esqueças de a moldar!

Se gostas de ter a barba arranjada numa direção específica não passes à frente o passo de a moldares com o óleo para a barba. Este passo é essencial se não utilizares cera para a barba e caso utilizes é mais uma forma de manteres a forma do teu pelo facial domável e controlado. 


O óleo para a barba não é só para a barba

Um dos erros mais comuns que muitos barbudos fazem é deitar o óleo para a barba apenas na superfície do pelo facial. Os óleos para a barba existem principalmente para hidratar a pele debaixo da barba e evitar a comichão e a caspa, logo, é essencial que não te esqueças de o espalhar por todos os cantos.


Passa o pente

Se o comprimento da tua barba o justificar podes aproveitar e passar um pente para a conseguires moldar com o estilo que mais gostas. Se não tens um pente podes moldar a barba com as pontas dos dedos como já falamos anteriormente.


O óleo para a barba é a maneira perfeita de manteres a pele hidratada, uma barba com um crescimento saudável e livre de caspa, evitares a comichão, obteres um brilho natural e por fim, deixares esse pelo facial com aromas frescos e agradáveis.