Como aparar a barba em casa passo a passo + Acessórios a usar

Agora com a quarentena é completamente normal estares a sentir-te um pouco desmazelado em relação à tua barba e notas que os pelos começam a crescer e a assumir todo o tipo de direções de forma descontrolada. Um dos motivos para isto estar a acontecer deve-se ao facto da maioria das barbearias e cabeleireiros estarem fechados neste momento e não saberes em quem confiar a tua barba.

Será que as capacidades da mãe ou namorada são suficientes ou será que consegues aguentar os cortes mais conservadores do teu pai?

Não esperes mais! Na Barba Brada criamos um guia passo a passo onde, após a sua leitura, qualquer Barbudo terá a capacidade de cortar o seu próprio pelo facial sem precisar de ajuda de terceiros. Mas como o fazer? Primeiro vamos dividir este guia em três partes: ferramentas/acessórios, preparação e o corte da barba.

Ferramentas:

O tipo de acessórios utilizados para o corte da barba depende muito do efeito que queres provocar.

Tesoura:

Gostavas de aparar apenas os pelos que estão a dar um aspeto indomável à tua barba? Escolhe a tesoura. Com a ajuda de um espelho (ou vários) podes facilmente moldar a tua barba sem retirar comprimentos e mudar o estilo. Caso queiras ser o mais preciso possível podes aproveitar e utilizar uma régua, um objeto comum a todas as casas, e medir ambos os lados da tua barba para garantires que estão simétricos.

Máquina de barbear elétrica:

Quer tenhas ou não uma máquina de barbear sofisticada esta ferramenta é um dos objetos que um barbudo deve ter em casa. Mesmo as máquinas mais económicas de hoje em dia já possuem várias velocidade e tamanhos que facilitam bastante o processo de barbear. Porém, como esta é uma abordagem mais intrusiva para o teu pelo facial, recomendamos que a utilizes apenas quando tenhas tempo e paciência para atingir um resultado que gostes e onde saibas que desde o devido tempo.

Lâmina: 

Por fim, nesta lista de ferramentas convencionais do corte da barba, temos a lâmina. São perfeitas para finalizar o corte da barba e dar os últimos pormenores. Se gostas de ter o teu pelo facial delimitado por cantos bastantes simétricos e onde a barba acaba abruptamente para dar visão à pele, então esta é a ferramenta que te falta.

Preparação:

Não laves a barba!

Se a tua barba não precisa de lavagem também não o faças em preparação para a aparares e cortares. Uma barba molhada tem muitas vezes tendência para causar a ilusão de que é mais comprida e se não queres cortar mais pelo do que devias, deves evitar cometer este erro.

Pentear: 

Antes de te lançares na aventura que é cortares a barba sozinho não te esqueças de a pentear. Um momento bastante desagradável, é começar a aparar a barba e reparar que os peles de um dos lados não foram colocados na mesma direção dos do outro lado, resultando num aspeto assimétrico desnecessário.

Ver os ângulos da tua barba:

Uma dica especial nossa é utilizares o teu smartphone com o modo vídeo ligado na câmara da frente e filmares os ângulos da tua barba (à frente, do lado esquerdo e do lado direito) de forma a conseguires ver e reter imagens da tua barba onde os teus olhos normalmente não conseguem chegar. Quando filmares a tua barba não mexas a cabeça e com um dos braços movo o telemóvel à volta da mesma e a apontar para todos os ângulos da tua barba.

Cortar a barba:

Finalmente chegamos à parte que importa! Mas também a mais arriscada e foi devido a tal que achamos necessário falar antes das ferramentas e dos cuidados a ter antes de chegar à altura de aparar a barba.

 

Tirar volume à barba

Se tens uma barba relativamente comprida que já te começa a cobrir parte do pescoço podes utilizar uma máquina de barbear elétrica e com movimentos de cima para baixo (não de baixo para cima pois desta foram não consegues controlar a quantidade de pelo que é cortado) sem aproximar excessivamente a lâmina da cara, aparar os pelos que sobressaem. Dependendo da tua experiência podes ou não utilizar proteções por cima da lâmina de modo a teres a segurança de que a mesma não vai aparar mais do que devia.

Aparar a linha da bochecha:

Normalmente, o visual mais apelativo consiste em delimitar a linha na parte da bochecha onde os pelos da barba começam a ser cada vez mais escassos. A altura e forma desta linha depende do teu gosto pessoal. Podes fazer uma linha reta, barbeada simetricamente com o detalhe proporcionado com uma lâmina ou até uma curva que vai das suíças (a meio da orelha) até acima ou ligeiramente abaixo do bigode.

Aparar a linha do queixo:

Se não tens noção de onde deve terminar a barba na zona do queixo e pescoço podes utilizar a maçã de adão como referência e não deixar o pelo ultrapassar essa zona. Caso a tua barba tenha um tamanho médio, um truque para perceberes onde deves terminar o corte do pelo no pescoço é utilizares um espelho fixo, olhares de frente para ele e tentares encontrar a zona onde o pelo do teu pescoço ultrapassa o pelo do teu queixo e aparares toda a barba que ultrapassa essa zona. É importante não cortares o pelo pelo à altura do queixo pois vai dar um aspeto fino e fraco ao resto da barba.

Aparar a linha da orelha:

Um dos pontos mais negligenciados pelos barbudos é a linha da orelha. Só porque não é um local que consigas ver facilmente, não quer dizer que os outros não consigam! Quando os pelos começam a fazer aquelas cócegas nas orelhas é sinal de que já devias há muito ter aparado essa zona. Com a ajuda de um espelho, estica a pele da bochecha com uma mão para delimitares mais facilmente a zona de corte e utiliza uma máquina de barbear. Podes fazer pequenos cortes de cada vez para teres a certeza de que a barba está a ficar simétrica de ambos os lados.


 

Estás pronto para experimentar a aventura de cortar a própria barba, especialmente se tens como hábito ir ao barbeiro mas não consegues esperar mais. No entanto, relembramos que este é um guia para cortes básicos da barba e   Segue as nossas dicas e dá-nos feedback sobre o resultado!